Mais Estágio “ajuda a construir um futuro melhor”, diz aluno selecionado

Governador Flávio Dino em lançamento do Programa Mais Estágio. Foto: Divulgação

“Espero construir um futuro melhor com esse auxílio que estou tendo do governo para ingressar no mercado profissional”, diz Vinicius Guilherme Cruz Brito, 16 anos, um dos primeiros selecionados no Programa Mais Estágio. “Não só para mim, mas para a cidade, para o Estado. Espero contribuir com o País”, afirma.

O Mais Estágio foi lançado pelo Governo do Maranhão em parceria com agências de estágio e empresas públicas e privadas. O objetivo do programa é oferecer vagas de estágio remunerado para estudantes de ensino médio em todo o estado.

Estudante do 1º ano do ensino médio no Liceu Maranhense, Vinicius Brito vê o estágio como uma experiência de crescimento profissional: “Vai me ajudar a decidir o curso que quero fazer, abrir minha mente para o mercado de trabalho”.

Entre as expectativas do jovem, está a de conseguir ser efetivado pela empresa na qual estagia. “Quero fazer um bom trabalho e aproveitar essa oportunidade que poucos estão tendo”, declara Vinicius.

Acesso ampliado
Para a secretária estadual de Juventude, Tatiana Pereira, o Mais Estágio amplia o acesso de jovens de baixa renda a postos de trabalho: “É um grande programa porque, além de oferecer qualificação profissional, gera oportunidade para esses jovens”.

De acordo com o secretário estadual de Educação, Felipe Camarão, o programa inicia com 500 vagas, mas a meta é alcançar mais de 1 mil vagas até o começo de 2018 para compensar os anos nos quais a oferta de estágio foi interrompida.

“O programa estava parado no Maranhão porque, no passado, o estágio foi desvirtuado e feito de emprego, com estudantes em desvio de função”, explica Camarão. Após instituição de decreto estadual em março deste ano, o programa foi regularizada junto ao Ministério Público do Trabalho (MPT).

Inscrições
Podem concorrer às vagas de estágio alunos de ensino médio das redes pública e particular de ensino, com idade a partir de 16 anos. Matriculados em escolas públicas têm preferência no preenchimento das vagas. As oportunidades de estágio são oferecidas por empresas parceiras ao programa, por intermédio das agências de estágio – o Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e o Centro de Integração Empresa Escola (CIEE).

Para se inscrever, acesse o site www.educacao.ma.gov.br. Também estão disponíveis mais informações sobre o programa no endereço eletrônico.